Com pipoca: Antiquarian Bookshop


Há muito tempo eu não assistia a um dorama (novelas e/ou séries japonesas), mas dia desses me deparei com uma cujo tema era literatura. Não teve outra! Fiquei tão curiosa que acabei não resistindo e comecei a assistir no mesmo dia. Depois de um bom tempo sem assistir nada nipônico, Antiquarian Bookshop foi uma ótima escolha. 

Adaptado do mangá homônimo, a série conta a história de Daisuke Goura, um homem que, apesar de não conseguir ler, ganha um emprego em uma loja de livros antigos e usados (acho que posso chamar de sebo), a Biblia. A gerente da loja, Shioriko Shinokawa, é uma jovem apaixonada por literatura e que consegue resolver mistérios de seus clientes só de analisar seus livros. 

Não adianta, a novela é só para quem se interessa por literatura. Afinal, tudo gira em torno de livros. Diria que se trata de uma verdadeira viagem pelo mundo da literatura mundial, mas com um foco na japonesa, uma vez que é uma novela produzida no Japão. Alguns títulos tratados são bem conhecidos, como Laranja Mecânica de Anthony Burgess e E Depois de Natsume Soseki. Ao meu ver, o foco na literatura japonesa não foi um problema. Muito pelo contrário, só me instigou a ler mais literatura japonesa devido as tantas menções de autores japoneses e suas histórias. Cheguei a pesquisar e algumas das obras mencionadas durante os episódios já foram traduzidas e publicadas no Brasil! Para facilitar o lado daqueles que não conhecem os títulos trabalhados na novela, os personagens explicam a história e costumam falar um pouco da vida do autor. 



No entanto, o mais impressionante está longe de ser isso. O foco da história está nos livros. Mas não o que eles contam, mas o que é possível ser contado a partir de um livro. Isto é, as histórias que se desenvolvem em torno do mesmo. Romances, discussões familiares, heranças, tudo que é possível de se imaginar. Achei um máximo a novela abordar com tanta ênfase esta questão, pois só intensifica o fato de que um livro pode contar mais de uma história e que na verdade, ele tem várias delas. 

Cada capítulo tem um mistério em que Shinokawa e Goura terão de resolver. Os mistérios não são os mais complexos e muitos se resumem a relações interpessoais. Apesar de não serem complexos, esse é outro ponto que gostei: não foi preciso se apoiar em crimes ou coisas parecidas para criar uma boa série de mistério. 


Gostei muito da cinematografia e dos cenários. Acho que conseguiram reproduzir e transmitir bem a aparência e o ar de um sebo. Livros empilhados e entulhados, cheios de pó, por todos os cantos. 

Os personagens são divertidos e acabam por tornar a história mais interessante. No entanto, o final só pecou em ponto: focou demais nos principais e os secundários foram esquecidos, o que é uma pena porque todos haviam sido bem trabalhados até então e fiquei me perguntando o que teria acontecido com eles no final de tudo. Provavelmente, só lendo o mangá para saber. 

Antiquarian Bookshop é a novela dos bookaholics. Difícil é não se identificar! 


Onde assistir? Com legendas em inglês no JdramaTV

Share:

4 pessoas devoraram

  1. Oii, NUNCA assisti doramas, mas tenho muita vontade, adoro cultura japonesa, animes, etc ... adorei a dica e o link pra ver <3 , é uma pena que a maioria dos doramas só tenha legenda em inglês, mas tentarei assistir, bjs
    www.monicadk.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou apaixonada por doramas! Também assisto as novelas coreanas e vou te dizer: é viciante demais. Existem sites com doramas legendados em português, mas tem que baixar e eu tenho preguicinha. D:

      Excluir
  2. Oie Rebecca =)

    Faz um bom tempo que não assisto doramas. Na verdade agora que estou conseguindo ter tempo para voltar a assistir animes e ler mangás.
    Esse dorama parece ser bem divertido, ainda mais por que já amei o cenário rs...
    Dica anotada!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se puder, dê uma chance a este dorama! Ele é incrível <3

      Excluir