Título: 1Q84 - Livro 2
Autor: Haruki Murakami
Número de Páginas: 376
Editora: Alfaguara
Nota do Como Devorar Livros: 5/5
LEIA A RESENHA DO PRIMEIRO LIVRO AQUI.

Tengo e Aomame estão em 1Q84, um mundo com duas luas no céu, estranhas ceitas e como se não bastasse, sendo assistidos pelo tão questionado Povo Pequenino. Em seu segundo volume, Murakami se aprofunda no mistério que envolve a história, abre e fecha portas, além de deixar o leitor em um estado que vai além da curiosidade.

"- Mas isso não é ficção. Estamos falando do mundo real. 
Tamaru estreitou os olhos e mirou atentamente o rosto de Aomame. Em seguida, abriu lentamente a boca para dizer: 
- Quem pode afirmar isso?" 

O segundo livro da trilogia começa de forma precisa, evitando resumos e voltas. Em melhores palavras, ele começa exatamente de onde parou.

Intrigante é a palavra perfeita para descrever 1Q84. A história torna-se mais intrigante a cada página, a cada diálogo curto dos personagens. É, acima de tudo, um livro complexo que aborda um assunto original. Trata-se de uma história rica até nos mínimos detalhes. Uma obra realmente envolvente e em melhores palavras, curiosa. 

Boa parte do livro depende da compreensão e da dedução do leitor. No segundo volume, algumas peças começam a se encaixar, enquanto outras parecem se distanciar ainda mais do quebra-cabeças (põe quebra nisso) criado pelo criativo Murakami. Por enquanto, muitas das coisas ainda não passam especulações. Como eu disse, as peças e pistas deixadas para trás precisam ser analisadas pelo leitor. Afinal, o Povo Pequenino não facilitará o lado de ninguém.

Eu estava muito curiosa sobre Crisálida de Ar e finalmente acabamos descobrindo mais sobre a obra!

O desenvolvimento da história é como um passe de mágica e se bobear, um dos principais pontos fortes de 1Q84. Acho que algumas partes são extremamente desnecessárias e pura enrolação. No entanto, são poucas.

É um livro que requere atenção, isso é fato. Não diria que se trata de uma leitura leve e rápida, mas voltando a palavra chave: intrigante. Me senti parte da história, em uma leitura que quanto mais se lê, menos sabe onde está pisando. 

6 Comentários

  1. Olá, Rebecca!
    Te indiquei para responder uma tag no meu blog.
    Veja lá! :)

    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito dessa resenha, principalmente porque esse livro dialoga com a excelente obra do George Orwell. Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Gostei da tua resenha, tu é bem detalhista. Pela nota o livro realmente deve ser bom.

    tanaminhaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Te indiquei uma tag lá no blog, depois dá uma olhada! :)

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Tem uma tag para você lá no meu blog! ;) http://admiravelmundonovoh.blogspot.com.br/2013/03/tag.html

    ResponderExcluir
  6. Te indiquei um selinho!
    Depois dá uma olhada lá no blog...
    Beeejo!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir